Tag: Economia

Por que o Brasil de hoje lembra a Inglaterra dos anos 60

Gosto muito de textos provocadores. Neste caso confesso que num primeiro olhar mais discordei do que concordei…Mas depois fui digerindo o conteúdo e tendo novos insights… Acho que este é o ganho de uma boa provocação: nos tirar da zona de conforto. E isso é incrível para ampliar nossa visão, trazer novas perspectivas. Quem não provoca e não se deixa provocar acaba se acomodando. E comodismo é um perigo tanto em termos profissionais quanto pessoais… Quais os melhores textos, filmes, livros, frases provocadoras que você ouviu recentemente? Minha primeira geladeira e por que o Brasil de hoje lembra a Inglaterra…

Ai Weiwei-the fake case

Um artista político

Ai Weiwei é um dos artistas mais em evidência na atualidade. Ele próprio se define como um designer, embora seja mais lembrado recentemente como um opositor ao regime ditatorial chinês. O documentário Ai Weiwei: The Fake Case (o caso de ai weiwei disponível no excelente canal Arte 1), mostra seu sofrimento: acusado de sonegação de impostos (uma farsa criada pelo governo), vivendo em prisão domicilar, constantemente vigiado, sufocado, traumatizado… Weiwei passou 3 meses preso e ao sair decidiu criar uma exposição para retratar seu dia a dia na prisão. Imagens que traduzem a crueldade de uma ditadura valorizada por seu…

É possível que já estejamos em plena revolução

Gosto muito do Zygmunt Bauman, um dos principais pensadores do mundo atual. Este polonês de 89 anos ainda se mantém muito ativo e suas publicações geralmente tem espaço reservado nas melhores livrarias. Dos que li, destaco Modernidade Líquida e Vidas Desperdiçadas. Nesta entrevista Bauman reflete sobre sua jornada de vida e os desafios do mundo atual. “É possível que já estejamos em plena revolução.” O sociólogo polônes Zygmunt Bauman, em entrevista à MGMagazine traduzida para o português e publicada pelo site Fronteiras do Pensamento, fala, aos 89 anos, sobre o mundo atual e como entende os efeitos da modernidade sobre…

O PIB não mede o que realmente importa

Já há algum tempo temos discutido aqui no blog o quanto o PIB é um medidor limitado para avaliar o progresso das nações. Na prática ele mede toda a produção, o que inclui carros e construção de prisões, medicamentos e armas letais. Da mesma forma que mais riqueza não significa necessariamente mais felicidade, um grande PIB não significa países melhores (ex: algumas potências econômicas são ditaduras – China, Rússia, etc). Qual progresso realmente importa? Somente o econômico? Diante desta complexidade, foi criado o ÍNDICE DE PROGRESSO SOCIAL (SPI em inglês) , através de uma entidade que reúne pessoas do calibre…

leisuretime

Por que os ricos tem menos tempo livre para lazer do que os pobres?

Interessante estudo apresentado na revista The Economist mostra que os ricos estão trabalhando mais do que os pobres. Em média, uma pessoa com diploma universitário ou formação de pós-graduação tem 8 horas a menos de lazer por semana do que alguém sem diploma de curso superior (dados de trabalhadores norte-americanos de 2005). Em metrópoles como São Paulo é cada vez mais comum notarmos que há executivos que trabalham 50, 60, 70 horas ou mais por semana. Se há uma conexão entre a pessoa e o trabalho que a deixa feliz, ótimo. Mas o que dizer do tempo livre para cuidar…

Piramide de renda do Brasil-2013

Brasil: 82% das famílias ganham menos do que R$ 3.390 por mês

Esta pirâmide de distribuição de renda ajuda a explicar muito do que vemos no dia a dia. Em parte explica por quê votamos tão mal, por quê estamos engatinhando em termos de Cidadania, Ética, Educação e referências culturais de qualidade. Somos o que somos pois a imensa maioria da população ainda está correndo atrás do básico. O básico que se compra com R$ 3.390 por família por mês (ou menos). Sim, melhoramos muito nas últimas 2 décadas. No entanto, por mais que os governos vendam que já somos o país do futuro, a verdade é que ainda somos um país…

1 2 3