18 de jun de 2017

E se tudo der errado?


Precisamos começar a acreditar mais no melhor, a viver com crenças que nos possibilitem ser a melhor expressão de nós.
Este foi o tema do meu post anterior "E se tudo der certo?"

Mas, e se tudo der errado? Se, por cirunstâncias externas ou internas, as coisas não forem como o planejado?

Quanto mais amadureço, quanto mais gente e histórias de vida conheço, mais acredito que a vida é regida por leis simples, como estas:

* Você é o exemplo. Suas atitudes são o exemplo, não suas palavras

* Atitudes são o que importam mas desde que com a intenção certa. Qual a intenção por trás de suas atitudes?

* Se você se conectar com o seu melhor e colocar este melhor a serviço do mundo, novos caminhos sempre irão aparecer


Ou seja, sim, pode dar tudo errado na sua vida. Em um determinado momento, em função de um evento externo ou incontrolável, pode dar tudo errado. 

Mas se você persistir em viver de acordo com o seu propósito, sendo a melhor expressão de você (apesar de eventuais limitações) a cada dia, novas portas sempre vão se abrir...

E como ser a melhor expressão de mim?

Não há regra de ouro. Mas, acredito em práticas que podem te ajudar (e muito) nessa jornada. Clique aqui para acessar exercícios que tenho publicado há mais de 5 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário