27 de out de 2013

O genial Stanley Kubrick

Ontem fui na exposição de Stanley Kubrick no Museu da Imagem e do Som em São Paulo.

Figurino, roteiros e maquetes dos seus principais filmes fazem parte da exposição.

Impressionante perceber como Kubrick foi consistente em sua genialidade. Fez excelentes filmes nos anos 1950 e no final de sua carreira.

Algumas curiosidades:

- Kubrick ganhou uma câmera fotográfica de seu pai ao completar 13 anos de idade. Ficou maravilhado e se tornou fotógrafo assistente de uma revista aos 17. Da fotografia aos curta-metragens e longas foi um passo;

- Ao longo de toda sua carreira fez apenas 13 filmes, talvez reflexo da sua busca por perfeição, o que costumava atrasar as produções;

- Fez romance, ficção científica, filmes de guerra, suspense, comédia, terror e filmes históricos. Navegou em todos os temas;

- Era considerado um diretor exigente. Um de seus métodos consistia em pedir que os atores fizessem a mesma cena dezenas de vezes para extrair sua melhor interpretação.


Será que Stanley teria se encontrado na vida sem o incentivo de seu pai pela fotografia?

O que seria de sua arte se fizesse como muitos dos cineastas atuais, focados somente no que "agrada ao público" e gera grandes bilheterias?



Nenhum comentário:

Postar um comentário