11 de fev de 2012

Você realmente sabe usar o PowerPoint?

Até o início dos anos 2000 era comum assistir aulas na faculdade com os professores manejando aquele Dinossauro de retro projetor...



Então começamos a usufruir desta invenção genial chamada PowerPoint. Montar uma apresentação passou a ser uma tarefa fácil, já que o programa disponibiliza uma série de modelos, cores e gráficos para você expressar melhor suas ideias.

No começo nossa relação com o PowerPoint era de entrega total, amor platônico.

Mas depois de um tempo, o inferno astral do relacionamento começou...A cada reunião na empresa, aula de faculdade e até bate-papo entre amigos (!), o PowerPoint entrava na sala para cuspir na sua cabeça centenas de slides sem vida, com excesso de textos e cores mortas.

E o pior de tudo: a mensagem.

Em 70% das apresentações de PowerPoint que eu costumo ver, o fluxo da mensagem não faz o menor sentido.

O PowerPoint é uma invenção fantástica, mas antes de utilizá-lo todo apresentador precisa responder 2 questões:

1. Para quem você irá apresentar? O que eles querem ou precisam ouvir?


2. Como você irá contar a sua história? Qual será seu começo, meio e fim?


A maioria das pessoas que conheço nunca se preocupou em responder estas perguntas. Elas simplesmente clicam no ícone vermelho e começam a preparar um monte de slides sem sentido para a próxima reunião.

Outro problema da cultura do PowerPoint é que estamos criando uma geração inteira que não sabe contar sua mensagem sem usar esta ferramenta. É comum notar apresentadores que ficam lendo a maior parte dos slides durante uma apresentação. E para quem está assistindo não há nada pior do que isso...

Uma vez tive um colega de classe que trabalhava numa consultoria e foi fazer uma apresentação para o então prefeito de São Paulo José Serra. O time chegou 15 minutos antes, ligou o projetor e já deixou os slides preparados para a reunião.

O prefeito chegou e a primeira coisa que fez foi pedir para desligar o projetor. "Eu não faço reuniões com PowerPoint.", disse Serra.

Como você acha que ficou a cara do consultor?

Portanto, aqui vai uma outra dica essencial: o conhecimento tem que estar na cabeça do apresentador e nunca nos slides. O PowerPoint deve ser apenas um suporte para te ajudar a contar sua história de uma forma mais direta, engajadora e detalhada.

Para saber mais:

O site SlideShare é um verdadeiro Wikipedia dos slides. Lá você encontra muita coisa boa e que pode ser baixada de graça.

Para começar, recomendo particularmente esta apresentação com um resumo das principais apresentações de 2011 (interessante notar que os uploads de PowerPoint feitos pela América Latina em 2011 não chegaram nem a 1% do total).

SlideShare Zeitgeist 2011
View more presentations from Rashmi Sinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário