29 de fev de 2012

De um quarto em Paris


Há alguns dias atrás tive que participar de um evento em Paris. Foi um daqueles congressos com mil atividades ao mesmo tempo. Embora tenha ficado na cidade 5 dias, não consegui ver muita coisa além da janela do meu quarto ou do vidro do taxi.

Não sou grande conhecedor de Paris, mas nestas olhadas corriqueiras, duas coisas me chamaram a atenção.

A primeira foi perceber que em frente ao meu quarto havia um prédio bonito, reformado, com uma série de escritórios, todos sem cortinas. Portanto, pude participar um pouco da vida daqueles empregados.

Baias, fotos nas mesas, laptops, quadros e post its nas paredes enfeitavam o escritório. Até aí nada muito diferente de espaços de trabalho em outras grandes cidades do mundo.

Mas uma coisa em especial me chamou a atenção: em plena crise Européia, diversas luzes do escritório ficaram acessas durante todo o final de semana!

Não tenho outra opcão a não ser mandar um e-mail para esta empresa e alertá-los sobre isso. (A próposito, tentei fazer isso hoje mas o website dos caras é daqueles que prefere se esconder dos clientes. Não há nenhum e-mail para contato! No final, encontrei algumas páginas da empesa no Facebook e enviei uma mensagem lá. O nome deles é Malakoff Médéric, uma empresa de planos de saúde.)

Quanto custa instalar aquelas lâmpadas que se apagam automaticamente depois de alguns minutos sem movimento?

Se seu escritorio não tem isso, mande instalar já!


Alugue e saia pedalando!


Passo pela rua e vejo aquelas bicicletas para aluguel. Algo fantástico, também já disponivel em Londres e que segundo esta matéria do Estadão deverá chegar a São Paulo.

Basta você fazer um rápido cadastro, pagar com seu cartão de crédito ou moeda e sair pedalando pelas ruas da cidade. A devolução da bike pode ser feita em diversos pontos da cidade.

Para a prefeitura geralmente não custa nada. Em Londres, por exemplo, as bikes são mantidas por um banco, que ganha a concessão do espaco para divulgar sua marca (o modelo em São Paulo deve seguir pelo mesmo caminho).

Que tal levar esta ideia para a sua cidade?

Tarefa para suas próximas viagens: conheça ao menos 3 boas ideias que podem ser implementadas em seu bairro/cidade e faça acontecer (encaminhe para seu candidato/vereador, empresários da região ou implemente com seu grupo de amigos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário