18 de mar de 2011

A síndrome do POLITICAMENTE CORRETO



Eis que finalmente surge uma contribuição contra a onda do Politicamente Correto que domina o Brasil e o Mundo.

ZUMBI tinha escravos.

Santos Dumont NÃO INVENTOU o avião.

A origem da FEIJOADA é EUROPÉIA.

ALEIJADINHO é um personagem LITERÁRIO.

Antes de entrar em guerra, o PARAGUAI era um PAÍS RURAL e BUROCRÁTICO.

Quem MAIS MATOU índios foram os ÍNDIOS.


Surpreso? Aterrorizado?

Eu também fiquei assim lendo este livro, fruto de uma extensa pesquisa do jornalista Leandro Narloch. 

Vale dizer que para cada uma das afirmações acima, há dezenas de referências em pesquisas recentes que indicam um novo curso para a história tradicional ensinada nas escolas.

A verdade pode ser dura, mas é sadio perceber que o mundo não é feito somente de "bonzinhos" versus "malvados". A personalidade humana é complexa e neste caldeirão de facetas da alma, há aspectos positivos e negativos.

É engraçado perceber que ao mesmo tempo em que estamos censurando cada vez mais a maneira como nos expressamos (seja através de e-mails corporativos, canções de ninar que não devem ser mais cantadas, trechos de livros proibidos - pesquise sobre a polêmica envolvendo Monteiro Lobato), o consumismo está no maior patamar da história da humanidade, bem como o consumo de drogas lícitas e ilícitas.

Será que perdemos o caminho da felicidade, mesmo apesar de tanto bom-mocismo? 

Você já percebeu que quando alguém diz a verdade, as possibilidades se abrem?


Para saber mais: 
Guia politicamente incorreto da história do Brasil. Leandro Narloch. Editora Leya, 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário