19 de dez de 2010

Castelos de Areia

É como crianças brincando à beira do mar. Durante todo o dia elas constroem castelos de areia com fosso, altos edifícios e muralhas. Cada uma reivindica um castelo como seu. Elas lutam para proteger seus castelos e derrubar os castelos das outras. Elas triunfam e choram, triunfam mais um pouco e choram mais um pouco. Chega o entardecer; o sol se põe no céu. A maré avança. As crianças pegam seus baldes e espadas, viram-se e vão para casa.

Os castelos afundam esquecidos sob as ondas frias.

A prática do Zen e o conhecimento de si mesmo - Albert Low

Nenhum comentário:

Postar um comentário