15 de nov de 2010

Negócios Sociais

E se sua empresa tiver uma finalidade social e ao mesmo tempo você obter lucro?

Este é o conceito dos Negócios Sociais, representados por organizações que estão no meio do caminho entre Empresas e Ong's.

Na faculdade de Administração, logo no primeiro ano, aprendemos que uma empresa existe para gerar lucro. Este é o grande objetivo e razão de sua existência.

Com os Negócios Sociais, a lógica do sistema muda e a visão se amplia.

É possível ganhar dinheiro e ajudar a construir uma sociedade melhor, mais sustentável e igualitária.

Isso é puro papo furado, dirão alguns. Nascemos capitalistas e competitivos.

O Capitalismo está sempre em evolução. De industrial, na metade do Século XVIII, para financeiro e globalizado, atualmente.

Será que os Negócios Sociais serão o embrião de um novo Capitalismo? Capitalismo Social?

Ou será que isso tudo é papo furado, afinal a própria lógica Capitalista impede uma real abordagem igualitária e social?

Há muitas respostas e a discussão é extensa.

Um dos caminhos pode ser olhar para como os Negócios Sociais estão se estruturando.

O The Hub São Paulo é um bom exemplo neste sentido.

Um comentário:

  1. Daniel, acho que um negócio social, como você descreveu, seria (ou é) algo essencial para construirmos um mundo bem melhor, afinal, daria pra contentar os dois lados (financeiro e humano).
    adorei a idéia.

    Abraços!

    ResponderExcluir